O que você está procurando? Encontre artigos, dicas de especialistas, inspirações e modelos de checklists.

8 dicas para organizar um casamento em poucos meses

Observando os noivos que sempre estão em contato com a gente, percebi que uma das coisas mais procuradas quando tratamos de organização de eventos é a economia de tempo. Queremos fazer o evento que está desenhado na nossa cabeça, com um preço “pagável” e sem dar muito trabalho, não é? Seja o próprio casamento ou festa, as pessoas querem saber como organizar um casamento em poucos meses. Elas também querem um evento com glamour e a autenticidade.

Hoje, as 24 horas do dia já não estão suprindo nossas necessidades. E elas tornam muito mais curtas quando vamos organizar um evento importante. Queremos marcar as passagens da vida com estilo (os 15 anos, o casamento, a formatura). Ao mesmo tempo, nos vemos cada vez mais atolados em diversas tarefas. Seja trabalhar, cuidar dos filhos ou tudo de uma vez só, o fato é que nossos dias estão curtos. E nem sempre conseguimos aproveitar nosso tempo da melhor forma possível.

Ao organizar um casamento, o planejamento é essencial. Para alguns deles, o recomendado é que a organização comece até um ou dois anos antes. Como provavelmente não temos esse tempo, aqui vão algumas dicas para que organizar um casamento em poucos meses.

1. Foco: Tenha uma ideia clara do casamento que você deseja

Saber exatamente o tipo do evento que se planeja fazer é essencial. Nos casamentos, por exemplo, é necessário que se saiba exatamente qual o estilo da sua cerimônia, festa, e orçamento. Suas vontades devem ser analisadas com calma para que fique claro quais podem (ou não) serem deixadas de lado. Tudo isso levando em conta o dinheiro que deverá ser gasto naquele evento.

Busque por ajuda desde o dia zero. Vale muito à pena você ter alguém que já tenha organizado um casamento (uma ou mais vezes). Essa pessoa já conhece fornecedores, sabe o que pode dar errado e te indica atalhos que evitam que você fique batendo cabeça. Aconselho fooortemente que você contrate um profissional, porque contratar um cerimonialista de casamento será um benefício enorme, mas se assim como o tempo, a grana também estiver curta, cole em alguma amiga ou parente que organizou seu casamento recentemente, tire suas dúvidas e tente aprender com os acertos e erros dela.

Mas claro, foco e organização serão seus principais aliados principalmente no começo – que é quando se decide tudo. Ideias tiradas da internet e de sites como o Pinterest são legais e de grande ajuda. Ao mesmo tempo, se atolar com várias referências e listas mirabolantes definitivamente não vai te ajudar. Foco é a palavra que não se deve esquecer jamais.

2. Defina seu orçamento e seja disciplinada

Como organizar um evento em poucos meses: atenha-se ao orçamento e dê valor ao que você e o noivo se importam.

Como organizar um casamento em poucos meses: atenha-se ao orçamento e dê valor ao que você e o noivo se importam.

Primeiro, sem loucuras. Defina o orçamento de acordo com o que for possível e se atenha à ele. Pensa que como o foco aqui é organizar um casamento em pouco tempo, o dinheiro vai ser empregado rapidamente. Então, use a sabedoria para distribuir a grana entre os diversos serviços que são oferecidos aos noivos.

Só pra lembrar: não esqueça que você também tem que se sustentar nesse período, viu? Afinal, ninguém quer começar uma vida à dois em estado de falência. :P

Não compare, viva o seu momento. Vale a pena lembrar que por mais que seja natural nos importarmos com as comparações com outros casamentos (sim, aquele da da cunhada, das amigas, ou… das inimigas – cruzes!), merece ser dado valor àquilo que você e o noivo se importam, pois o momento é de vocês. Seja aquela banda top da cidade, uma decoração perfeita ou o melhor buffet everinvista no que você e o noivo curtem e tente deixar os pitacos de lado.

Compare, escolha e atualize. Definiu que vai gastar no máximo, sei lá, R$30mil? Siga a checklist do casamento para saber quais os fornecedores tem que contratar. Para cada tipo de fornecedor, pesquise 3 opções, peça orçamentos e feche com o melhor custo-benefício. É simples assim. E depois de fechar cada contrato, vá atualizar sua planilha de custos para ter certeza que não vai extrapolar os gastos previstos. É disciplina 02!

Depois do orçamento definido, vem a parte mais difícil: se manter fiel ao que foi planejado. Por favor, eu sei que é difícil mas não aja no impulso. Tente não cair em tentações, nem gastar com coisas supérfluas que podem te atrasar, tá?

3. Organize bem sua lista de convidados

A lista de convidados é um dos pontos mais importantes no planejamento do evento.O número de convidados é um dos principais fatores para a organização de qualquer evento. Essa lista influencia nos fornecedores mais custosos do casamento: buffet, bebidas, espaço da cerimônia, espaço da recepção, decoração… Por isso, deve-se dar a merecida atenção à lista de convidados e saber como e quem convidar para o casamento.

Na hora de organizar a sua, algumas questões devem ser respondidas:

  • Quais as condições do buffet?
    • Normalmente os buffets determinam os valores baseados no número de convidados e o cardápio que vocês escolheram. Ah, sabia que a maioria deles também diferencia valores para crianças? Alguns consideram crianças até 5 anos como não-pagantes. Também é costume definir que crianças entre 5 e 10 anos paguem metade do valor.
  • Qual será o local evento?
    • O que tem de ser avaliado neste ponto, são quantas pessoas o local pode comportar. O local não deve ser pequeno e nem grande demais.
  • Quantas pessoas da família, do trabalho, amigos?
    • Ao organizar sua lista, uma boa dica também é dividir os convidados em grupos. Para organizar seu casamento em poucos meses, crie uma lista divida em: família da noiva, família do noivo, amigos da noiva e amigos do noivo.

Responder essas perguntas e definir um número máximo de convidados para cada grupo facilitará no controle do número total de convidados e com certeza evitará brigas. Convenhamos, discussões são o que você menos precisa nessa corrida contra o tempo né?

4. Liste o que realmente é importante

Para organizar um casamento em poucos meses, por incrível que pareça não é preciso muito. Na teoria, você precisa de: um noivo, uma noiva e um celebrante. Todo o resto do esforço e dedicação empregada na organização do casamento é pela nossa vontade de fazer um evento especial e único na vida das pessoas que são importantes pra nós. Isso é genuíno, mas temos que sempre nos lembrar do que é fundamental.

Uma boa prática é listar o que é realmente necessário. Lembra das suas vontades que mencionei lá em cima? Então, listá-las detalhadamente e depois de deixar de lado aquelas que considerou não tão imprescindíveis assim vai te aliviar bastante. Desse modo você saberá tudo o que precisa fazer, quais são as prioridades e vai executar as tarefas com mais agilidade. Corre! hahahahah

5. A agenda ideal para organizar um casamento em poucos meses

Organize-se, anote!

Após acompanhar uma série de casamentos, vejo que fazer anotações (e saber onde elas estão) é um hábito muito importante. Você vai ganhar tempo na hora de estudar, comparar e tomar a decisão. Uma ideia bacana é que você tenha um local para guardar links, fornecedores e fotos que te inspirem. Você vai conseguir achar tudo sempre que precisar.

Crie uma linha do tempo com todas as tarefas

Ter uma agenda organizada com uma linha do tempo tem sido uma das principais armas de cerimonialistas e noivas. Elas serão muito úteis para você economizar tempo na organização de eventos. Com uma linha do tempo bem planejada, você vai saber quando executar cada tarefa e poder organizar melhor suas datas.

Como organizar um evento em poucos meses: Tenha uma linha do tempo.

Como organizar um casamento em poucos meses: Organize uma linha do tempo com começo meio e fim – o seu casamento!

Criar uma agenda eletrônica, ou mesmo adicionar lembretes na agenda do celular também são boas pedidas. Esses tipos de ferramentas são muito eficientes, já que enviam lembretes constantemente – tanto no celular quanto por email – e evitam que você esqueça de algum detalhe.

Separamos duas agendas virtuais bastante conhecidas para você usar:

  • Google Calendar: A agenda do Google também tem aplicativo para celular e permite que você marque outras pessoas em seus compromissos.
  • iCal Calendars: É a agenda para usuários Apple com funcionalidades semelhantes ao Google Calendar.

6. Pense bem na data do evento

Normalmente as datas mais procuradas para eventos são sextas, sábados ou dias em semanas de feriados. Caso seja um evento organizado às “pressas”, é melhor optar por dias como sexta ou domingo. Estas são as datas menos procuradas. Lembre que os salões de festas costumam ter as melhores datas preenchidas com até um ano de antecedência.

Assim que decidir: Save the date! Reveja sua lista de convidados e lembre que alguns moram fora ou trabalham até tarde… O fato é que sempre há problemas relacionados à confirmação de presença, então assim que a data for escolhida avise os convidados!

Ainda não achou? Então divida. Às vezes é necessário ceder. É comum pessoas que ao organizar o casamento em pouco tempo, não encontram espaços com boas datas disponíveis, optam por dividir o evento em duas datas, ou seja, cerimônia em um dia e festa no outro.

Normalmente, quando os noivos optam por esse tipo de evento dividido, a cerimônia que ocorre no primeiro dia é algo mais simples e reservado à familiares e amigos muito próximos, já a festa que ocorre no segundo dia é algo mais extravagante e comporta todos os amigos, tanto do noivo quanto da noiva.

7. Lembre-se que cada detalhe importa

Parece controverso já que falei que era pra você relaxar, mas saiba que na cerimônia de casamento, cada detalhe importa! Fique atenta quanto à sua “linha do tempo de tarefas”, estabeleça o valor que poderá ser gasto em cada item e tente não esquecer de nada.

Tenha em mente que organizar um evento importante é trabalhoso e exige muitos cuidados. É sempre aconselhável que se contrate um cerimonialista para ajudar em tudo o que for necessário e otimizar mais ainda seu tempo, mas caso não seja possível tenha em mente que algumas coisas podem sim dar errado. Erros acontecem, com cerimonialista ou não, mas cabe a você não deixar que esse erro se multiplique. E, no fim das contas, um errinho não será o fim do mundo, não é mesmo!?

É possível também contratar um cerimonialista apenas para o dia do evento. Assim o custo dos serviços serão reduzidos e você ainda obterá alguma ajuda para que possa aproveitar ao máximo o seu grande dia.

8. Divirta-se!

Organizar um casamento em poucos meses: divirta-se!Organizar um evento por mais que seja complicado, também pode ser muito divertido. Caso vá fazer tudo sozinha, prepare-se mentalmente para driblar a tensão pré-casamento e aproveite seu tempo da melhor maneira possível.

Espero que essas dicas possam ter te ajudado a organizar um casamento em poucos meses, deixando tudo “nos trinques” antes mesmo do grande dia.

Ah, e se você é cerimonialista, também fizemos um post explicando como profissionais podem ganhar tempo na organização de casamentos, depois dá uma lida!

Eu sou o Tainan, da mobilize. Tchau!


organizar casamento em 1 mês
organizar casamento em 2 meses
organizar casamento em 3 meses
organizar casamento em 4 meses
organizar casamento em 5 meses
organizar casamento em 6 meses
organizar casamento em 7 meses
organizar casamento em 8 meses
organizar casamento em 9 meses
organizar casamento em 10 meses
organizar casamento em 11 meses
organizar casamento em 12 meses
organizar casamento em 13 meses

Vote! Quantas estrelas esse artigo merece?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
A média até agora é 4,00 de 5
Loading...

Comentários

O melhor sistema para organizadores de eventos.
Conquiste seus noivos, aumente sua produtividade e tenha total controle da suas tarefas.
Saiba Mais